BLOG 105FM

em jaraguá do sul E REGIÃO

Featured image

Cotidiano



Necessidades de mudanças no transporte coletivo serão avaliadas em Jaraguá do Sul

Denúncias também serão analisadas

Depois de acompanhar a retomada do transporte coletivo em Jaraguá do Sul nesta semana, as equipes de fiscalização irão analisar os dados para verificar a necessidade de mudanças do sistema. Os profissionais acompanharam diariamente a aplicação dos planos operacional e sanitário, necessários para o reinício da operação, desde a última segunda-feira (22).

De acordo com o diretor de Trânsito e Transporte, Gildo Martins de Andrade Filho, por ser a primeira semana de operação diversas situações precisaram ser corrigidas por parte da empresa operadora do serviço, mas o atendimento transcorreu sem grandes percalços. “A maioria dos relatos que recebemos, ao longo da semana, foram por conta dos horários reduzidos de operação, porém isso já estava contemplado desde o início da elaboração do plano de retomada”, ressalta o diretor.

Já a aplicação do plano sanitário, acompanhada pela Diretoria de Vigilância em Saúde, necessitou de orientação tanto para a empresa quanto para a população que utilizou o serviço. Segundo a assistente de Controle e Fiscalização, Camila Sens Fernandes, muitas pessoas que estavam no Terminal Urbano não usavam máscara de maneira adequada nem utilizavam álcool em gel, com frascos instalados nas entradas e saídas dos coletivos e distribuídos pelo interior do prédio. “Estamos acompanhando e cobrando da empresa as devidas adequações, mas é preciso que a comunidade faça a sua parte para que os danos causados pela doença sejam minimizados”, afirmou.

Número de passageiros será monitorado

O levantamento completo da primeira semana deve compilar os dados dos primeiros seis dias de operação – de segunda a sábado, já que os ônibus não circularão aos domingos – com o número de passageiros fechado. “Os números são plenamente atualizados a cada dois dias, então somente na próxima semana que será possível avaliar completamente os primeiros dias de operação”, ressaltou. No primeiro dia foram transportados pouco mais de 5.100 passageiros, uma queda de 72% em relação ao dia 9 de março.

Entretanto, pelo acompanhamento feito pela equipe da Vigilância em Saúde, alguns horários tiveram excesso de passageiros, necessitando de intervenção dos fiscais. “Oficialmente recebemos três reclamações, via Ouvidoria, que serão devidamente apuradas nos próximos dias”, afirmou Camila.


Fique Conectado
Mande seu número e receba as noticias em seu Whatsapp.
Últimas Noticias
Tocando Agora

105 FM


Featured image